quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Como todo ano passa...

Talvez tenha nos faltado um tanto de compreensão, paciência, cordialidade , ou mesmo a presença física em alguns momentos do ano que se passa.
Talvez tenhamos exagerado no cuidado, na distância, no afeto, no tom da voz ...
Aos que por (des)ventura inconsciente ferimos, estendamos humanamente a mão para pedir desculpas.
Ao ano que virá, desejo que cada um de vocês tenha aquilo que os vossos corações mais anseiam ... e que não vos faltem saúde, esperança e fé !
Que façamos o ano novo desde o raiar do sol do primeiro de janeiro, ao crepúsculo do trinta e um de dezembro ...
Vamos tentar fazer brotar do nosso peito,
no nosso passo,
com todo o nosso sorriso
algo mais que um ano novo ...
forjemos com este entusiasmo todos os dias, horas, minutos novinhos em folha ... a todo o tempo !


Feliz Ano Novo !

Breno Almeida.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

11 Mulheres no Ministério de Dilma!


Depois de bater o martelo para a escolha dos Ministros de sua Gestão, a Presidete Eleita Dilma Roussef comprovou que está mesmo comprometida com o movimento Feminista. Seu Ministério tem nada menos que 11 mulheres, num universo de 37 ministros. Pode parecer pouco em relação ao número de homens, mas nunca na história desse país se teve um Ministério tão Feminino!

Foto: Escritora britânica Charlotte Brontë (1816-1855) autora do livro " Jane Eyre", Marco do Movimento Feminista!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Via Crucis - Um conto de Natal!

Maria das Dores se assustou. Mas se assustou de facto. Começou pela menstruação que não veio. Isso a surpreendeu porque ela era muito regular. Passaram-se mais de dois meses e nada. Foi a uma ginecologista. Esta diagnosticou uma evidente gravidez.
— Não pode ser! gritou Maria das Dores.
— Por quê? a senhora não é casada?
— Sou, mas sou virgem, meu marido nunca me tocou. Primeiro porque ele é homem paciente, segundo porque já é meio impotente.
A ginecologista tentou argumentar:
— Quem sabe se a senhora em alguma noite...
— Nunca! mas nunca mesmo!
— Então, concluiu a ginecologista, não sei como explicar. A senhora já está no fim do terceiro mês.
Maria das Dores saiu do consultório toda tonta. Teve que parar num restaurante e tomar um café. Para conseguir entender.
O que é que estava lhe estava acontecendo? Grande angústia tomou-a. Mas saiu do restaurante mais calma.
Na rua, de volta para casa, comprou um casaquinho para o bebé. Azul, pois tinha certeza que seria menino. Que nome lhe dana? Só podia lhe dar um nome: Jesus.
Em casa encontrou o marido lendo jornal e de chinelos. Contou-lhe o que acontecia. O homem se assustou:
— Então eu sou São José?
— E, foi a resposta lacónica.
Caíram ambos em grande meditação.
Maria das Dores mandou a empregada comprar as vitaminas a ginecologista receitara. Eram para o benefício de seu filho. Filho divino. Ela fora escolhida por Deus para dar ao mundo o novo Messias.
Comprou o berço azul. Começou a tricotar casaquinhos e a fazer fraldas macias.
Enquanto isso a barriga crescia. O feto era dinâmico: dava-lhe violentos pontapés. Às vezes ela chamava São José para pôr a mão na sua barriga e sentir o filho vivendo com forca. São José então ficava com os olhos molhados de lágrimas. Tratava-se de um Jesus vigoroso. Ela se sentia toda iluminada. A uma amiga mais íntima Maria das Dores contou a história abismante. A amiga também se assustou:
— Maria das Dores, mas que destino privilegiado você tem!
— Privilegiado, sim, suspirou Maria das Dores. Mas que posso fazer para que meu filho não siga a via crucis?
— Reze, aconselhou a amiga, reze muito.
E Maria das Dores começou a acreditar em milagres. Uma vez julgou ver de pé ao seu lado a Virgem Maria que lhe sorria. Outra vez ela mesma fez o milagre: o marido estava com uma ferida aberta na perna, Maria das Dores beijou a ferida. No dia seguinte nem marca havia.
Fazia frio, era mês de Julho. Em Outubro nasceria a criança.
Mas onde encontrar um estábulo? Só se fosse para uma fazenda do interior de Minas
Gerais. Então resolveu ir a fazenda da tia Mininha. O que a preocupava é que a criança não nasceria em vinte e cinco de Dezembro. Ia à igreja todos os dias e, mesmo barriguda, ficava horas ajoelhada. Como madrinha do filho escolhera a Virgem Maria. E para padrinho o Cristo. E assim foi se passando o tempo. Maria das Dores engordara brutalmente e tinha desejos estranhos. Como o de comer uvas geladas. São José foi com ela para a fazenda. E lá fazia seus trabalhos de marcenaria. Um dia Maria das Dores empanturrou-se demais – vomitou muito e chorou. E pensou: começou a via crucis do meu sagrado filho. Mas parecia-lhe que, se desse a criança o nome de Jesus, ele seria, quando homem, crucificado. Era melhor dar-lhe o nome de Emmanuel. Nome simples. Nome bom.
Esperava Emmanuel sentada debaixo de urna jabuticabeira. E pensava:
- Quando chegar a hora, não vou gritar, vou só dizer: ai Jesus!
E comia jabuticabas. Empanturrava-se a mãe de Jesus.
Até que numa noite, as três horas da madrugada, Maria das Dores sentiu a primeira dor. Acendeu a lamparina, acordou São José, acordou a tia. Vestiram-se. E com um archote iluminando-lhes o caminho, dirigiram-se através das árvores para o estábulo. Uma grossa estrela faiscava no céu negro.
As vacas, acordadas, ficaram inquietas, começaram a mugir Daí a pouco nova dor. Maria das Dores mordeu a própria para não gritar. E não amanhecia.
São José tremia de frio. Maria das Dores, deitada na palha, um cobertor, aguardava.
ntão veio urna dor forte demais. Ai Jesus, gemeu Maria das Dores. Ai Jesus, pareciam mugir as vacas.
As estrelas no céu. Então aconteceu. Nasceu Emmanuel. E o estábulo pareceu iluminar-se todo. Era um forte e belo menino que deu um berro na madrugada. São José cortou o cordão umbilical. E a mãe sorria. A tia chorava.
Não se sabe se essa criança teve que passar pela via crucis. Todos passam.

Clarice Lispector.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O "Natal" que se perdeu!


O verdadeiro significado do Natal parece estar um tanto apagado de nossas memórias. Esse momento, de tão comercializado que ficou, mais parece que serve unicamente para trocar presentes. Dia 24 de Dezembro comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Pura simbologia? Pode ser que sim. Mas essa simbologia representa também um momento de revermos os erros cometidos no ano que se finda, ou um momento de orarmos junto às pessoas que mais amamos para que Jesus possa nascer e renascer em nossos corações, a cada dia do novo ano que se aproxima, e que sejamos pessoas cada vez melhores que tentem viver seguindo seus ensinamentos de amor, solidariedade e humanidade.

Um Feliz Natal a Todos!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mec prepara Kit contra Homofobia!


Segunda, 20 de dezembro de 2010, por Ana Cláudia Barros:
.
Ele nasceu a partir da constatação de que as escolas brasileiras são, em geral, ambientes hostis para adolescentes homossexuais. Foi desenvolvido com a proposta de ajudar a contornar o problema, e recebeu o sugestivo nome de Kit contra a homofobia. A previsão é que sua distribuição ocorra inicialmente em 6 mil escolas públicas a partir do ano que vem. Mesmo sem ter sido lançado pelo Ministério da Educação (MEC), o material didático, contendo cartilha, cartazes, folders e cinco vídeos educativos, já provoca discussões inflamadas.Um dos vídeos conta a história do personagem José Ricardo, um adolescente que gostaria de ser reconhecido como Bianca. "O vídeo fala de um travesti, um homem com identidade feminina, mostrando, inclusive, o sofrimento dele em viver em um lugar onde meninos jogam futebol e, quem não joga, é chamado de mulherzinha", explica Rosilea Wille, coordenadora Geral de Direitos Humanos do MEC, vinculada à Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), responsável pelo projeto.

Nota: acredito que uma parcela dos educadores Brasileiros não está preparada para trabalhar com um material desse tipo, por uma razão bem simples: essa parcela também é homofóbica!

domingo, 19 de dezembro de 2010

"Cântico Negro"


O que essa pessoas observam com tanta atenção?
Um assassinato!. Deixaram de lado o lazer e o passeio pelo shopping para se deleitarem da miséria alheia.
Essas pessoas registradas na foto de Canindé Soares observam os corpos estirados no chão depois de uma tentativa de assalto a um ônibus neste sábado dia 18.A polícia chegou e o "dito" assaltante reagiu ferindo o sargento Emanoel – neste momento ele está na sala de cirurgia do Pronto Socorro Clóvis Sarinho – e matou o soldado M. Costa com um tiro no pescoço. Morte imediata. O bandido também morreu.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O filhinho do Eduardo está de Recuperação...


O Blog está parado há alguns dias por motivos semelhantes àqueles que impediram Eduardo e Mônica de viajarem nas férias citadas na música de Renato Russo.

sábado, 27 de novembro de 2010

Rio, de Janeiro à Dezembro, Deus te abençõe!


Depois de declarada a Guerra civil na cidade Maravilhosa, os olhos dos Brasileiros se enchem de esperança de que o Rio de Janeiro seja devolvido aos Cariocas.
Além disso, está em jogo também a credibilidade da cidade para a realização da Copa de 2014 e dos jogos Olímpicos de 2016.
O que ninguém está comentando é que o maior problema dessas comunidades Cariocas é social. A "conversa" de hoje é reflexo da brutalidade da desigualdade, da pobreza e da violência intrínseca, cotidiana. Se algo não for feito no sentido de avanços socias ( e não só militares), outros Traficantes surgirão e repovoarão essas comunidades que anseiam por Liberdade!

"Liberdade liberdade abre as asas sobre nós"!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Palmadas para que filho deixe de ser “gayzinho” .


Deu no ParouTudo.Com:


O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) perdeu uma oportunidade preciosa de ficar calado. Em entrevista ao programa “Participação Popular” da TV Câmara ele afirmou: ”O filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem.”
As palavras de intolerância, preconceito, discriminação e incitação à violência foram ditas durante um debate sobre a Lei da Palmada, que está em discussão no Congresso Nacional cujo objetivo é proibir que pais batam nos filhos. Em uma semana em que três capitais – São Paulo, Rio e agora Brasília – tiveram casos de agressões homofóbicas de repercussão nacional é, realmente, um tipo de coisa que não precisamos ouvir. As informações são do site Vermelho.


Já pensou se a moda pega...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"Errou na dose, errou no amor, Joana errou de João"!


Pesquisa do instituto Consult, mostra a Prefeita de Natal Micarla de Souza com 77% de reprovação.
Pra conseguir essa marca histórica, só uma Prefeita que tenha errado em tudo: Educação, Saúde, Social, Dose, amor e João!

sábado, 20 de novembro de 2010

Fora frouxos, Radicais do pouco!

Mandado de despejo aos Mandarins do mundo.
Fora tu, reles, esnobe, plebeu.
e Fora tu imperialista das sucatas...
Charlatão da sinceridade.
Tu da juba socialista, e tu qualquer outro...
Monte de tijolos com pretensões à casa, inútil luxo, megalomania triunfante.
E tu Brasil, Blague de Pedro Álvares Cabral que nem te queria descobrir.
...Ultimatum a vós que confundis o humano com o popular, vós que confundis tudo...
anarquistas deveras sicero...
...sim todos vós, passai por baixo do meu desprezo, passai aristocratas de tanga de ouro, passai frouxos, radicais do pouco.
Quem acredita neles?
Mandem tudo isso pra casa descascar batatas simbólicas....
Eu sufoco de ter só isso a minha volta.
Deixem-me respirar, abram todas as janelas, abram mais janelas que todas as janelas que há no mundo...
O que aí está, não pode durar porque não é nada....
Eu, da raça dos descobridores, desprezo qualquer coisa que seja menos que descobrir um novo mundo...
...Proclamo isso bem alto, braços erguidos, fitando o atlântico e saudando abstratamente o infinito...

Álvaro de Campos, 1917.

O texto está incompleto. Para quem quiser ouvi-lo na voz abençoada de Maria Bethânia:
http://www.youtube.com/watch?v=Ja9Vercrab0&feature=player_embedded

Zé.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Em breve, de volta aos Palcos!


Entrevista exclusiva concedida da cantora Gal Costa à revista Billboard Brasil.
Cantora mãe
Aos 65 anos, modelo para as novas cantoras e renovada pela maternidade, Gal Costa revisita seu passado glorioso e investe no futuro com Caetano e Moreno Veloso.

Por Taís Toti
"Vou tentar sair igual naquela foto. Olha como eu era pura", diz Gal Costa, colocando o rosto em perfil enquanto aponta para a capa de Divina, Maravilhosa, disco duplo de raridades incluído na caixa Gal Total, que reúne o trabalho da cantora de 1967 a 1983. De todo o tempo que passou em uma sala de um hotel em São Paulo para a entrevista com a Billboard Brasil, esse é um dos raros momentos em que ela tira o sorriso do rosto. Em outro instante, responde ao pedido do fotógrafo para fazer cara de séria com uma careta exagerada que leva todos ao riso.
Tanta alegria tem nome: Gabriel, cinco anos, adotado pela cantora em 2007. Gal fica empolgadíssima quando o assunto é o filho, com quem brinca, joga videogame, canta e assiste a vídeos dos velhos tempos no You Tube. Antes de começarmos a entrevista, ela pede licença para fazer uma ligação, apenas para avisá-lo que está com o trabalho (a agenda de entrevistas) quase finalizado e que em breve voltará para o quarto de hotel, onde Gabriel a aguarda. "Ele me acompanha em todos os momentos" .

Mas durante esse processo você não ouviu novamente ( seus discos)?Não, durante esse processo de remasterização dos discos, eu não estive presente.
De alguma forma, hoje, vc sente sua influência nas diversas cantoras que vêm surgindo?
Vendo a figura de várias cantoras atuais, mais novas que eu, sinto uma conexão, sim. Musicalmente sinto que há uma influência. E até em cabelo, imagem, jeito de vestir, flor no cabelo, uma série de coisas...

Você disse recentemente para não lhe cobrarem atitude, que lhe cobrassem música. Mas muitas das jovens cantoras brasileiras têm você como influência também nas atitudes...
Influência nas minhas atitudes?

Sim, você concorda com isso?
Não, nas minhas atitudes, não. Porque a atitude hoje é diferente da fase tropicalista. Hoje a postura é outra. Hoje a pessoa usar as roupas que eu usava na década de 60 não é tão estranho assim, é quase comum. Não é a mesma coisa. Eu acho que muitas cantoras têm influência minha não só musical, mas também no sentido do cabelo, da roupa, do pé no chão descalço, que é também uma coisa que a Maria Bethânia tinha até antes de mim. O show Fa- Tal eu fazia descalça - durante um período, pelo menos.

Sei que esse novo trabalho, o disco de inéditas produzido por Caetano e Moreno Veloso, ainda está no começo, mas você pode falar um pouco do que pretende fazer?
Para minha alegria, Caetano quis produzir esse disco. Eu soube através da imprensa, depois nós nos encontramos em Lisboa onde ele foi assistir ao meu show, depois de um longo tempo sem me ver nos palcos. Ele adorou o show, e conversamos sobre o projeto que ele queria fazer. Aí eu disse: "Ok, eu quero muito fazer isso; quando você estiver pronto, me chame". Já tinha idéia de sonoridade, de banda, de tudo, queria revisitar meu repertório, na verdade. Quando veio o chamado dele, eu interrompi tudo. Estamos começando, já tem seis músicas prontas, já tiramos os tons e estamos começando a trabalhar.

Trabalhar com Caetano Veloso agora é diferente das décadas anteriores? A parceria entre vocês...
[Interrompendo] Claro que é diferente, porque é uma outra época. Ele está diferente e eu estou diferente. O tempo passou, mudamos graças a Deus. Tem Moreno, o filho dele que é meu afilhado e está produzindo o disco junto com ele. Está sendo outro presente de Deus estar em contato com o Moreno, que é uma pessoa maravilhosa. São muitas alegrias, muitas emoções. Como diz o meu amigo Roberto Carlos: "São muitas emoções" [imitando o cantor].

Várias gravações de shows antológicos dos tempos de Índia e Gal canta Caymmi foram descobertas recentemente nos arquivos da Universal e podem ter lançamento em 2011. Já ouviu?
Não ouvi, eu soube. Quando fiz o disco cantando a obra do Caymmi, eu e ele fizemos uma minitemporada juntos. Soube que existe isso registrado, eu não conheço. Soube também que existe o Cantar gravado, no show eu cantava outras músicas além das que estão no disco. E eu sei que tem o registro do Fatal, gravado em 16 mm, com câmeras de cinema, pelo Leon Hirszman [expoente do Cinema Novo, morto em 1987, diretor de São Bernardo e Eles Não Usam Black-Tie, entre outros], que era um grande amigo meu. Esse registro existe sim, provavelmente está com a família dele. E existe o registro em áudio de João Gilberto com Caetano e eu, não existe em imagem porque a TV Tupi pegou fogo e foi tudo embora no incêndio. Caetano veio do exílio para fazer esse programa e voltou.

Nesse período retratado na caixa, de 1967 a 1983, você se sentiu a melhor cantora do Brasil? Quem costumava se dizer a maior cantora era outra cantora, a Elis, mas você se sentiu assim em algum momento?
Acho estranho eu dizer que sou a maior cantora do Brasil, as pessoas é que têm que dizer isso. Eu sei que sou uma das melhores cantoras que o Brasil tem, mas acho muito pretensioso da minha parte dizer: "Eu sou a melhor cantora do Brasil". Não é do meu temperamento fazer isso. Acho que eu sou uma grande cantora, com uma história rica e carreira importante. Mas quem tem que dizer isso é você, ele, outras pessoas... Eu sou como Fernanda Montenegro, mantenho a elegância [risos].
Agora, preparando um novo disco, como você faz para sobrar tempo para o seu filho?
Meu filho está presente em tudo o que eu faço: nas minhas viagens, nos meus ensaios, tudo. Meu filho tem que estar do meu lado o tempo todo. Agora, quando fui à casa de Caetano ver o repertório todo, ele estava lá, brincou com Tom, brincou com Caetano, mostrou no meu iPhone uma gravação que eu fiz dele cantando "Rebolation"... Caetano morria de rir. Ele vai comigo, não largo ele para nada.

Que músicas você canta para ele, e quais vocês cantam juntos?
Você sabe que ele é supermusical? Agora que ele está maiorzinho tem uma noção rítmica maravilhosa. Dança com um suingue! Ele conhece meu disco com repertório de Tom Jobim, canta "eu você, nós dois aqui nesse terraço à beira-mar". Eu mostro no YouTube Caetano cantando, Chico cantando, Bethânia cantando, Doces Bárbaros... Tem uma música que ele adora que está no meu site, que é um rock... "Quando"! Ele gosta, pede para botar: "Mamãe, essa aqui".

Quais os cuidados que você tem com sua voz?
Até que não tenho tanto cuidado. Mas não bebo, não fumo, sou mais caseira do que farrista, procuro descansar. São esses cuidados que tem que tomar. Cantor não pode falar muito, em dia de show procuro não dar entrevista e falar o menos possível. Porque o que mais cansa as cordas vocais é falar; falar muito alto, mais ainda.
O que você ouve quando está em casa?
Sinceramente, eu não tenho ouvido música. Eu vou ao YouTube e vejo muita coisa. Revejo minhas coisas que nem lembrava mais... E vou procurar outros artistas que eu gosto. No Facebook também postam muita coisa bacana. Tem um perfil do João Gilberto lá, dizem que não é verdadeiro... [e realmente não é]. Mas o que aquele João Gilberto posta de coisa bacana, só música boa!

Quando você vê e ouve esses vídeos seus de algumas décadas atrás é com nostalgia ou com autocrítica? Como é a sensação?
Tinha uma época em que eu dizia: "Puxa, eu devia ter cantado assim, não assado", mas hoje, não, eu acho que assim ficou bom. Às vezes penso que hoje eu cantaria de outra maneira. Você canta uma música de um jeito num dia e de outro jeito no outro. A divisão rítmica da palavra, da poesia, você nunca canta igual. Mas eu sou dessas que gostam de se ouvir...

A entrevista não está completa.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Velha Mania dos Petistas Potiguares!


O mais novo alarde dos Petistas do Rio Grande do Norte é o fato de Rosalba Ciarline ter sido eleita com 65% de doações ocultas para sua campanha.
Oras, senhores, esqueceram de alardear também que o candidato a Governador pelo Mato Grosso, José Orcirio ( PT) teve nada menos que 92% de doações ocultas.
Ou o Senador eleito pelo Ceará que teve 70% dessas doações, entre outros exemplos como o governador eleito pelo Acre Tião viana.
Mas o mais interessante é que a Deputada Federal Fátima Bezerra teve 46% de doações ocultas. Não estou aqui criticando a Deputada Fátima, que é uma pessoa séria e digna do respeito de todos os Potiguares, mas alguns de seus companheiros que não se informam bem antes de abrir a boca.
As eleições passam, as derrotas se acumulam, e os Petistas potiguares não percebem que essa forma de fazer Política não é aprovada por aqui.

É fácil jogar pimenta nos outros, difícil é olhar para os próprios bundões.

Zé.

domingo, 14 de novembro de 2010

"É um afano no dinheiro do povo. É um punguismo sorrateiro da multidão."

Deu no Blog Fator RH do Jornalista Ricardo Rosado:

Não quero discutir a decisão do deputado João Maia em processar o Jornal de Hoje e o repórter Tulio Lemos pela gravíssima denúncia de que o aumento das passagens de ônibus de Natal foi um armação financeira e eleitoral.
Tampouco quero avaliar o enorme prejuízo político, moral e eleitoral que o deputado líder do PR terá se avançar demais nesta investigação.
Acho que essa questão do aumento das passagens em troca de auxílio financeiro para saldar dívidas de campanha, é muito, mas muito mais grave do que o problema do DNIT, onde o deputado do PR também está, indiretamente, envolvido.
No DNIT é um desvio de verba de uma obra pública, comprovado, flagrado, que atinge o cidadão de forma indireta.
Na questão do tentado aumento das passagens, é uma afronta ao usuário mais pobre, agressão à economia popular, ao bolso do cidadão.
É um afano no dinheiro do povo. É um punguismo sorrateiro da multidão.
A decisão de processar jornal e jornalista, por sentir-se injuriado e caluniado, é pessoal e deve prosseguir se sentir-se seguro.
Nas democracias, onde funcionam a liberdade de informação e de opinião, além de um Poder Judiciário, o forum adequado para resolver os conflitos é a Justiça.
Mas me sinto no dever de dizer que pelo menos duas fontes, ambas oficiais, me contaram a mesma história narrada pelo JH.
Nessas coisas os detalhes me chamam a atenção.
As duas fontes me disseram que o ex-secretário da Semob, Renato Fernandes, chegou à casa do deputado federal João Maia, em Brasília, de bermudas.
Tal a pressa com que a decisão foi anunciada, decidida e formalizada.
Acho melhor, sinceramente, que o deputado do PR busque explicações mais convincentes e verdadeiras do que assanhar uma investigação neste campo.
E lamento que tenha se envolvido neste novo episódio, numa fase onde não faltam situações para desgastar o deputado do PR.

Nada a dizer. Apenas a sorrir!

sábado, 13 de novembro de 2010

E essas feridas da vida, amarga vida!


Próximo dia 19 de Novembro, o Teatro Riachuelo abre as Portas. E na estréia, o show de comemoração dos 30 anos de carreira da cantora Elba Ramalho.
No repertório, só pérolas dessa trajetória vitoriosa,músicas como Veja margarida ( vital Farias), Chorando e cantando ( Geraldo Azevedo), Pavão Mysterioso ( Ednard), Anunciação ( Alceu Valença), entre outros sucessos.
Vale a penas conferir.

Imagem: Capa do DVD que a cantora apresentará em Natal!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Tiririca aprovado?


Deu no G1:

O presidente do TRE de São Paulo, desembargador Walter de Almeida Guilherme, disse na tarde desta quinta-feira que o deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca, “leu e escreveu” durante a coleta de material realizada em audiência para apurar a veracidade de sua declaração de escolaridade.

Agora vai faltar só a lona cobrindo o congresso!

Zé.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Mais nova Teoria da Conspiração!


Dilma implantará comunismo Búlgaro no Brasil!
Após a consolidação do Plano Condor Vermelho pelo eixo Caracas-Brasília-Buenos Aires, o próximo passo dos bolchevistas tupiniquins, no afã de subverterem a tradicional família cristã brasileira, impondo uma representante feminina do comunismo do leste europeu para usurpar o cargo maior da nação, será o aprofundamento do estado estalinista através do politburo e da instituição da nomenklatura, a qual deverá ser composta, dentre outros próceres do comunismo, pela Maria Frô e pelo José de Abreu, representando a perdição final para a sociedade brasileira.
Além da abolição da propriedade privada no campo e nas cidades e da construção de uma nova cortina de ferro maldita para impedir a fuga dos homens de bem para a Europa e os Estados Unidos, medidas feministas também serão obrigatoriamente adotadas, tais como a proibição da depilação feminina, principalmente nas axilas para evitar que as mulheres se submetam aos caprichos masculinos, e também o fim das transmissões dos jogos do campeonato brasileiro durante a semana para que não haja o encurtamento dos capítulos das novelas. Enfim, as perspectivas para os homens bons que ainda não partiram para Miami são sombrias, não existe outra saída senão o aeroporto.
Fonte: Comunidade do orkut: RN Política

Nota: Parte de um plano do que sobrou do Partido Social Democrata Russo, que arma planos diabólicos nos porões búlgaros, para conquistar o mundo.

Zé.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A Fragilidade da Democracia Brasileira!


Ao contrário do que exaltam alguns, nossa Democracia ainda é totalmente frágil, um embrião, que sequer consegue respeitar as diferenças de seu povo!
As atitudes Neo-Nazistas/fascistas que espalharam-se pela internet fazendo uma espécie de apologia à separação Norte X Sul do país é apenas um exemplo disso.
Por que matar os Nordestinos (afogados)? Porque eles foram os responsáveis pela vitória de Dilma Roussef.
Por que os Nordestinos elegeram Dilma Roussef? Porque ela é comprometida com um Governo que os ajudou a sair de uma condição socioeconômica que lhes fora imposta historicamente. Só por isso.
Os Nordestinos são burros por votarem ( em sua maioria absoluta ) em Dilma Roussef?
Não. Levantar essa questão é fechar os olhos para o fato de os Grandes cientistas dessa nação ( estudiosos das Universidades Federais) terem declarado apoio à sua candidatura.
Para sermos realmente respeitados como uma Grande Democracia mundial nosso povo precisa evoluir muito sua consciência , e principalmente, precisa aprender uma coisa básica para a convivência social, a Tolerância.

Zé.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Poder da Globo está reduzido!


Em 1962, o acordo entre a Globo e a Time-Life, em montar uma emissora era investigado pelo Senado e TJ.
Mas, em 1964, houve o "Golpe Militar", reduzindo o Senado e tudo que era legal.
Nas eleições de 1989, a Globo exibiu o debate entre Collor e Lula, tudo editado. Collor recebeu mais tempo que Lula, e Lula com montagens negativas.
algum tempo depois, se desculpou publicamente. A lei eleitoral foi alterada para proibir versões editadas e tempo desigual.
Em 1993, o CH4, da Inglaterra, lançou o documentário, Cidadão Kane, sobre o Poder e a influência da Globo sobre as pessoas do Brasil.
Time-Life não é Time Magazine.

Hoje o poder da emissora está bastante reduzido. Pela terceira vez seguida, não elege o candidato à Presidência.

Zé.

Surra de saias?


Podemos dizer que Dilma Roussef deu uma surra de Saias em José Serra? Não!
Como disse Laurita Arrua, nunca na história dessa eleição a Presidente eleita foi vista com essa vestimenta!

Parafraseando Cleyciane, a Diva do Senhor: Descontração em Cristo!

domingo, 31 de outubro de 2010

Revoluções Social e Feminista têm um novo símbolo: Dilma Presidenta!


A vitória de Dilma Roussef assume várias conotações no Brasil;A verdade, o sentimento de pátria, a fé no Brasil justo e independente venceram. A mentira, a vocação subalterna e mesquinha, que se opuseram a um caminho que levantou o nosso país e que nos fez ver que um grande Brasil é a chave para que sejamos todos grandes brasileiros, foi derrotada.
Foi reafirmada a força política do Presidente Lula, e evidenciada a vitória ( e consolidação) dos movimentos sociais que afloraram no país desde a época da ditadura militar. Representa também mais uma vitória do movimento Feminista, que leva uma mulher ao cargo mais importante do país, ou mesmo a derrota daqueles que tentaram usar a fé do Brasileiro de forma leviana. Concretiza a terceira derrota seguida de alguns meios de comunicação que tentam de todas as formas manipular a mente do povo Brasileiro.
O Brasil está fadado a, pelo menos nos próximos quatro anos, seguir os caminhos de sua afirmação como país soberano, como economia emergente e como país que busca retirar o seu povo do quadro de abandono e degradação a que, salvo por raros intervalos, os governantes e a generalidade das elites brasileiras, impuseram.
Mas a principal representatividade dessa vitória está em reacender a esperança do povo Brasileiro, especialmente os mais humildes, que hoje vêm claramente que dias melhores virão!

Viva o Brasil!

Fervorosamente, Zé.

Nova sociedade participante!


A radicalização política acordou o povo.
A população esqueceu o "não gostar de política" e passou a cobrar. Está mobilizada nas ruas e nas redes sociais.
Os movimentos sociais serão os grandes agentes do cenário político.
Hoje será eleito um Chefe de Estado que encontrará uma sociedade apta a cobrar melhorias!

Nas Terras Potiguares esse radicalismo tem seu auge!

Zé.

sábado, 30 de outubro de 2010

Para as trevas da Idade Média!



Até o Papa já se meteu na briga. Talvez ele precise rever algo sobre Estado Laico. Não mais continuamos a ser guiados por Papas "Latinos" iluminados pelas trevas da idade média!
Neste domingo vamos saber se a tentativa de pegar o voto dos Brasileiros pela fé vai dar certo.
Zé e zó apostam que não!

Imagem: Folha de São Paulo

Zé.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O Último Embate!


No último debate da Globo nada de novidades. Propostas já debatidas em outras ocasiões, Saúde, saneamento, educação e Segurança.
As perguntas foram feitas por eleitores indecisos.
O Debate foi morno, sem o embate esperado.
Os dois candidatos mostraram-se seguros. E foi consolidada a evolução da candidata Dilma Roussef nos debates.
O que mais chamou a atenção foi o close das considerações finais, que pegou Dilma Roussef de lado, e focou em Serra de forma gritantemente manipuladora.
Nada que surpreenda tendo sido o Debate realizado na Rede Globo de comunicações.
O que tranquiliza muitos Brasileiros é saber que domingo essa emissora tem tudo pra receber sua terceira Derrota consecutiva!

Aguardemos, pois!

Zé.

Diga lá, coração.



Para quebrar esse clima de acirramento de eleições, com direito a ataques com bolinha de papel, fita adesiva ou bexiga cheia d'água, nada melhor que uma linda música que penetre a alma!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Natal pode ficar de fora...da Copa!


Deu no blog de Eliana Lima:
"A informação foi captada pelas asas-abelhudas diretamente dos escaninhos do poder da Fifa.
Apenas dez cidades serão sede da Copa do Mundo de 2014.
Portanto, duas caem fora. Uma delas, Natal. A outra, Curitiba (PR).
O anúncio será feito apenas após as eleições.
Políticos potiguares de largo acesso estariam tentando reverter a decisão, mas os obstáculos são muitos. Quase impossíveis."

Quem será o pai da perda, caso seja verdade?

Niemeyer, aos 102 anos, Lúcido.


Artigo de Niemeyer publicado na Folha de são Paulo:

"Temos que ter cuidado é para eleger uma pessoa que tenha compromissos de manter o que foi conquistado e aprimorar o que precisa ser aprimorado. Ou seja, fazer o dobro do que nós fizemos.” (De entrevista concedida pelo presidente Lula a Fernando Morais, publicada pela revista “Nosso Caminho”, em novembro de 2008).
O importante para nós da esquerda não é, propriamente falando, este momento da disputa entre Dilma Rousseff e José Serra, embora de seu resultado dependa a continuação das políticas de Lula, que tanto vêm engrandecendo o país e assegurando uma vida mais digna ao povo brasileiro.
Assusta-nos imaginar o que aconteceria no caso de uma vitória de Serra. Seria a repetição do que ocorreu no Brasil anteriormente à Presidência de Lula: o governo afastado do povo, alheio ao que se passa na América Latina, indiferente à ameaça que o imperialismo dos EUA representava para os países do nosso continente.
Seria o avançar do processo de privatização de grandes empresas nacionais e de empreendimentos de valor estratégico para este país. Tudo isso é tão claro aos olhos da maioria dos cidadãos brasileiros que, confiantes, vêm apoiando, sem recuos, a candidatura Dilma.
Não sou especialista em ciência política para entrar em detalhes sobre o assunto; a imprensa disso se ocupa o tempo todo.
Na minha posição, de homem de esquerda, o que interessa não é analisar exaustivamente os programas de governo que cada um dos candidatos apresenta, mas defender a permanência das diretrizes fixadas pela gestão de Lula, tão autêntico e patriótico que surpreende o mundo inteiro.
Eis o que vocês da Folha me pedem que escreva e que eu, modestamente, procurei atender."

Vida longa à Niemeyer!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

" Serra vai perder perdendo"


Jornal Correio do Brasil, por Redação, do Rio de Janeiro


"Candidata do Partido Verde à Presidência da República, Marina Silva bateu pesado no adversário José Serra (PSDB), na madrugada desta sexta-feira, ao afirmar que ele desconstruiu a própria imagem na campanha e vai “perder perdendo”. Ela afirmou que Serra não preparou um programa de governo, subestimou Dilma Rousseff (PT) e se comportou “como se ele fosse falar e o mundo fosse estremecer”.
– Ele vai perder perdendo, o Serra. Ele tinha toda essa imagem de uma pessoa que prima pela gestão pública, pela eficiência, e descambou para o caminho do vale-tudo eleitoral – disse Marina, na saída dos estúdios da TV Globo em Jacarepaguá, no Rio.
A senadora avaliou que Serra iniciou mal a campanha e, quando começou a cair nas pesquisas, apelou ao “promessômetro”.
– Ele não tem programa, subestimou a Dilma, se preparou para ficar fazendo só o embate como se ele fosse falar e o mundo fosse estremecer. Quando não deu certo, começou a fazer um festival de promessas – afirmou.
Marina também criticou as contradições entre a imagem construída por Serra e propostas de criar novos ministérios e duplicar o Bolsa Família.
– Criticava o inchaço da máquina pública e sai da campanha prometendo dois ministérios, isenção de impostos para tudo quanto é lado… eu não sei como é que isso se realiza. Então vai perder perdendo – prevê. "

Marina a cada momento dá mais dicas de quem acha melhor para o país!

sábado, 23 de outubro de 2010

A última Bala do arsenal!


A última tentativa de trazer à tona escândalos para tentar reverter o quadro eleitoral sai hoje na Revista Veja. A capa da Revista traz umá suposta gravação em que é insinuado que Dilma encomendaria dossiês contra alguns políticos.

Não precisa ser nenhum gênio para saber que o jornal Nacional abordará o tema exaustivamente de segunda a sãbado.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Serra Presta queixa!


Opa, agora a situação promete ficar boa.Ojornal O Globo publicou que Serra vai pedir à Justiça investigação sobre o suposto ataque que sofreu na manifestação no Rio. Quer porque quer saber quem lhe atirou a bolinha de papel.

O debate político agora trocou de lugar com o debate sobre uma bolinha de papel ou um rolo de fita adesiva!

Qualquer portador de bolinhas de papel ou fita adesiva é suspeito!

Borboleta pousa em ninho Dilmista


A Prefeita de Natal Micarla de Souza anunciou que apoiará a candidata Petista Dilma Roussef. Até aí tudo bem, não fossem as duras críticas que os Petistas Potiguares fazem a sua administração.

Nota: Durante a campanha estadual tentavam desmerecer a governadora eleita Rosalba Ciarline por esta ser apoiada por Micarla. vão fazer o mesmo com Dilma ou mudarão o discurso?

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Bolinha de Papel 1 x o Serra


O novo fenômeno do noticiário é a misteriosa bolinha de papel que teria atingido o Candidato Tucano José Serra, fazendo o candidato cancelar programas de camapanha e até fazer um exame de imagem da cabeça para ver se estava tudo bem.
O assunto está rendendo tanto, que já tem até jogo intitulado: acerte você também uma bolinha em Serra.

Se o candidato é derrubado por uma bolinha de papel, como quer vencer aquela que seus militantes chama de Guerrilheira?

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

"Esse desespero é moda em 73."


Quando se deve festejar a Democracia, militantes do PT e do PSDB pregam um papelão desses. Tumulto e troca de agressões durante mobilização do candidato José Serra.
É bem sabido que alguns militantes do PT são por demais radicais, pensam e agem como se fossem os donos da ética e da moral.
Mas...é bem verdade também que a candidata Dilma não pode ser responsabilizada por atitudes irresponsáveis de pessoas que ela provavelmente nem conheça.

Serra pego na mentira! Prova: D.O.


Na entrevista do Jornal Nacional, nas suas respostas evasivas sobre o caso do ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, José Serra mentiu ao dizer que não conhecia e que não foi ele, pessoalmente, quem a nomeou.
A entrevista pode ser vista no G1, na íntegra.
"Veja, essa menina foi contratada, eu nem conhecia, não foi diretamente por mim, para trabalhar no cerimonial, que é, que faz recepções, que cuida de solenidades e tudo mais, entre muitas outras."Disse o candidato.
Na figura ao lado,está a reprodução de parte da capa do Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 30 de janeiro de 2007, onde está publicado o extrato do ato oficial, assinado por José Serra, nomeando Tatiana Aranda de Souza Cremonini para o gabinete Civil, chefiado por Aloysio Nunes Ferreira, a quem Paulo Preto e a outra filha, Patrícia, advogada das empreiteiras, emprestaram R$ 300 mil para um negócio imobiliário.
Serra poderia ter dito que a nomeou por indicação. Não. Disse que não a contratou diretamente. Ato do Governador, assinado pelo Governador, para o Cerimonial do Governador, não é praticado diretamente?
Serra poderia ter dito: segui uma indicação, repito.Não é o caso de saber se ela trabalhou ou não. Se era capaz ou não. O fato é que o candidato Serra escolheu mentir, em lugar de explicar.

Fonte: Tijolaço.

Depois quem muda de conversa é a Dilma!

E se fosse Petrobrax?


A privatização da Petrobrás não é conversa fiada.
Vejam a matéria do folha de ~São Paulo do dia 27 de Dezembro de 2000.
Reparem que a mudança de nome ia custar R$ 213 milhões ( US$ 50 milhões de dólares da época, corrigidos pelo IGP-M). Ia, mas acabou custando R$ 1,57 milhões, pagos sem licitação à empresa Und Comunicação Visual.
Percebam que o presidente da empresa, na ocasião do anúncio da mudança, diz que a iniciativa tinha “o aval do presidente Fernando Henrique Cardoso
A insatisfação dos brasileiros foi geral e o Governo teve de recuar. Mas a mudança valeu tempo suficiente para a própria Folha, dois dias depois, falar do patrocínio de uma peça estrelada por Fernanda Montenegro, onde referia-se ao patrocinador como “PetroBrax”.
Para assinantes do Jornal, a matéria está dsiponível.

Fonte: http://www2.tijolaco.com/

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Todo tipo de pedido pelo apoio de Marina.

" Apesar de você, amanhã há de ser outro dia."


Chico buarque se emocionou quando Dilma disse que na prisão de Tiradentes ela ouvia a música " apesar de você, amanhã há de ser outro dia... " e ficava matutando quem era aquele " você ".
"Dilma com voz embargada pelas lagrimas: "Isso sim é uma campanha digna e bonita."

Chico foi, no tempo da ditadura o símbolo da resistência. Suas músicas traziam, apesar da censura, a certeza de que os ideais de democracia, de justiça, de reação, ainda estavam vivos e pulsavam nos acordes de seu violão.
Chico era a luz no fim do túnel. Mantinha acesa e esperta nossas frágeis esperanças de liberdade. Ele, na verdade era o faroleiro que dia após dia acendia a luz do farol que guiava nossas vidas. Sua canção era luz.
Chico se perpetuou, na história, como herói de uma luta árdua. Cada vez mais que o Governo endurecia, cada vez mais que a censura atuava, Chico fazia sua mente brilhante criar as palavras certas, que ao som de uma melodia suave, embalava nossos corações e nos dava coragem.
Chico se tornou ídolo, não só no Brasil como também no exterior, por suas canções de protesto. Protesto inteligente e colocado nas músicas de uma maneira simples, direta, objetiva, bem ao gosto do povo. Povo esse que ele conhecia bem e com quem dialogava fácil.

Já tá valendo o segundo turno

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Classe artística está com Dilma!


Chico Buarque, Emir Sader, Oscar Niemeyer, Elba Ramalho, Alcione, leonardo boff, Simone, dira Paes, entre tantos outros artistas declaram voto e apoio à candidata Dilma Roussef.

"O Brasil de Lula não é mais aquele que fala fino com Washington e grosso com Paraguai e Bolivia" disse Chico em seu discurso.
Fonte: http://www2.tijolaco.com/
Muitos desses artistas foram fortes combatentes da ditadura Militar. Sabem portanto, a importância da democracia conquistada!

"Pêlo em casca de ovo."


Deu na Folha de São Paulo:

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou nesta segunda-feira que é irrelevante o fato de pertencer à irmã de um coordenador de sua campanha a gráfica que imprimia panfletos contra a adversária Dilma Rousseff (PT)."O fato de gráfica ser de parente de alguém ligado à campanha é totalmente irrelevante", disse o tucano em São Paulo.
Para ele, fazer uma associação entre a gráfica e sua campanha é "procurar pelo em casca de ovo".

Qualquer semelhança é mera coincidência josé (Serra).

" Dilma acolheu mais as idéias do PV."


Deu no G1:

Na avaliação da candidata Marina Silva, os adversários analisaram as propostas e acolheram boa parte delas.
"Consideramos que a candidatura da ministra Dilma acolheu um pouco mais, a do Serra um pouco menos, a proposta está na mão deles e cabe a eles internalizá-la no decorrer da campanha".
"A independência do partido, minha e de Guilherme [Leal] diz respeito a uma visão que temos do cidadão brasileiro. As pessoas que votaram na nossa plataforma são pessoas que se orientam por opinião e não teríamos uma atitude desrespeitosa de dizer me sigam para um lado ou para outro", disse Marina.

Nota: Marina está dando todas as cartas que sua preferência é por Dilma, ou melhor pelo PT. Primeiro falou que pela sua trajetória votaria no PT, agora fala que Dilma acolheu mais suas idéias (do PV). Para bom entendedor, ou melhor, eleitor....

domingo, 17 de outubro de 2010

Partido Verde Libera Filiados


Marina Silva (PV) oficializou na tarde deste domingo a opção pela neutralidade no segundo turno.
Dos cerca de 170 votantes, apenas quatro declararam apoio a Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB).
Mesmo Fernando Gabeira, o candidato derrotado ao governo do Rio que contou com o apoio do tucano no primeiro turno, preferiu a independência do partido.
Individualmente, os filiados serão liberados para aderir às campanhas da petista ou do tucano. É o que Gabeira faz ao endossar a candidatura de Serra.
"O fato de não ter optado por um alinhamento neste momento não significa neutralidade quanto aos rumos desta campanha", disse Marina, na convenção do PV em São Paulo, num espaço cultural na Vila Madalena.
Ela leu carta aberta com críticas ao que chamou de "dualidade destrutiva" entre PT e PSDB. Segundo Marina, os dois partidos pregam a "mútua aniquilação" na disputa entre Dilma e Serra.
"A agressividade do seu confronto pelo poder sufoca a construção de uma política de paz", atacou a senadora. A verde prometeu, ainda, defender sua fé -ela é evangélica--, sem contudo usá-la "como arma eleitoral".
Fonte: Folha de São Paulo

Essa era a única forma de Marina manter a liderança conquistada e não passar à condição de liderada!

O Padre, Tasso e Serra!


Logo no começo da missa,em Canindé no Ceará, o padre Francisco, que celebrava a cerimônia, começou a se queixar. Disse que quem estava lá para causar tumulto se retirasse, porque o povo lá estava para ouvir São Francisco, e não políticos.
Serra e Tasso estavam na plateia, em local de destaque.
Já no fim da missa, o padre mostrou panfleto de Serra com críticas a Dilma em temas relativos a religiosidade. E disse que ninguém podia falar em nome da Igreja e que aquela não era a posição da Igreja.
Tasso, que estava na frente, não se conteve e partiu para cima do padre, chamando-o de petista. Foi contido por assessora e por sua esposa.
A confusão se instaurou. Do lado de fora, manifestantes tucanos e petistas se enfrentaram.
Serra fez que não era com ele!

O que eles estavam fazendo na missa mesmo? Rezando que não era!

sábado, 16 de outubro de 2010

Regina ainda estaria com medo?



Para quem não lembra, esse vídeo foi gravado por Regina Duarte na campanha Presidencial de 2002, que foi disputada por Lula e Serra.
Dilma é muito diferente da versão "Lulinha paz e amor", fato que deve deixar Regina não com medo,mas apavorada!
Que papelão Regina Duarte!

"A mulher mais poderosa do mundo."


Imprensa Britânica.
The Independent:

O Brasil possivelmente elegerá uma líder extraordinária.
Hugh O’Shaughnessy – do jornal britânico Independent, reproduzido na Carta Maior
A mulher mais poderosa do mundo começará a andar com as próprias pernas. Forte e vigorosa aos 63 anos, essa ex-líder da resistência a uma ditadura militar (que a torturou) se prepara para conquistar o seu lugar como Presidente do Brasil.(...)
Como chefe de estado, a Presidente Dilma Rousseff irá se tornar mais poderosa que a Chanceler da Alemanha, Angela Merkel e que a Secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton: seu país enorme de 200 milhões de pessoas está comemorando seu novo tesouro petrolífero. A taxa de crescimento do Brasil, rivalizando com a China, é algo que a Europa e Washington podem apenas invejar.(...)
Em 1986 ela foi nomeada secretária de finanças da cidade de Porto Alegre, a capital do estado, onde seus talentos políticos começaram a florescer. Os anos 1990 foram anos de bons ventos para ela. Em 1993 ela foi nomeada secretária de minas e energia do estado, e impulsionou amplamente o aumento da produção de energia, assegurando que o estado enfrentasse o racionamento de energia de que o resto do país padeceu.Ela tinha mil quilômetros de novas linhas de energia elétrica, novas barragens e estações de energia térmica construídas, enquanto persuadia os cidadãos a desligarem as luzes sempre que pudessem. Sua estrela política começou a brilhar muito. (...)
Em 2000 ela adquiriu seu espaço com Lula e seu Partido dos Trabalhadores, que se volta sucessivamente para a combinação de crescimento econômico com o ataque à pobreza. Os dois se deram bem imediatamente e ela se tornou sua primeira ministra de energia em 2003.(...)
Ela estava ao lado de Lula quando o Brasil encontrou uma vasta camada de petróleo, ajudando o líder que muitos da mídia européia e estadunidense denunciaram uma década atrás como um militante da extrema esquerda a retirar 24 milhões de brasileiros da pobreza.(...)

Tradução: Katarina Peixoto
http://www.independent.co.uk/news/world/americas/the-former-guerrilla-set-to-be-the-worlds-most-powerful-woman-2089916.html

O melhor de tudo é que ela é nossa!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PSOL : "NENHUM VOTO À SERRA'


Plínio disse ser favorável à Dilma, mas afirmou que vai anular voto.
Membros da Executiva firmaram posição contra apoio a José Serra.
“Somos um partido independente e faremos oposição programática a quem quer que vença. Neste segundo turno, mantemos firme a oposição frontal à candidatura Serra, declarando unitariamente ´NENHUM VOTO EM SERRA´, por considerarmos que ele representa o retrocesso a uma ofensiva neoliberal, de direita e conservadora no país. Ao mesmo tempo, não aderimos à campanha Dilma, que se recusou sistematicamente ao longo do primeiro turno a assumir os compromissos com as bandeiras defendidas pela candidatura do PSOL e manteve compromissos com os banqueiros e as políticas neoliberais. Diante do voto e na atual conjuntura, duas posições são reconhecidas pela Executiva Nacional de nosso partido como opções legítimas existentes em nossa militância: voto nulo/branco ou voto em Dilma. O mais importante, portanto, é nos prepararmos para as lutas que virão no próximo período para defender os direitos dos trabalhadores e do povo oprimido do nosso país.”

Fonte: Globo.com

E agora José (Serra)?


Os tucanos alardeiam nos quatro cantos que Dilma mudou de opinião...Mas vejam os senhores quem mudou de opinião:

Primeiro Serra não sabia
- "Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês (imprensa) fiquem perguntando”. Serra disse ainda que não iria gastar horas de um debate nacional discutindo “bobagens”."
http://migre.me/1ymdf
Depois
Paulo Preto diz: “ele me conhece bem, tem que responder”
http://migre.me/1ymkG
Agora
Serra diz que ele é inocente
http://migre.me/1ymui

O Jornal Nacional não deu uma linha sobre o caso, mas a Record deu.Veja o Video no link abaixo.
www.youtube.com/watch?v=v7YFaOetWoE&feature=player_embedded
Fonte: conversa afiada!

E agora? Eles se conheceram recentemente?

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

“Pela minha tradição, eu seria favorável a apoiar o PT”


Foi o que disse Marina Silva em entrevista ao Terra.

E agora José (Serra)?

Fonte: blog Conversa Afiada.

Enquanto uns espalham boatos...

Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte circula um email em apoio candidata Dilma Roussef:
'Somos do tecido com o qual se fazem os sonhos”.

O Governo do Presidente Lula promoveu significativas mudanças sociais, políticas e econômicas no Brasil. Atualmente, há mais pessoas consumindo, maior dinâmica econômica e programas sociais que ampliam a cidadania. Maior distribuição de renda, aumento do poder de compra do salário mínimo, geração recorde de empregos, expansão dos investimentos em saúde e educação, crescimento do PIB e ganho de credibilidade no mercado externo são alguns dos indicadores que demonstram os avanços vividos pela nação brasileira.
Muita coisa melhorou e as mudanças são visíveis no dia-a-dia dos(das) brasileiros(as). Durante o Governo Lula, 28 milhões de pessoas saíram da miséria extrema e 36 milhões ascenderam à classe média. Isto só foi possível graças a execução de um projeto político que retomou a capacidade da ação do Estado, tornando-o capaz de intervir na economia e fazer frente aos problemas sociais.
Tais mudanças também são percebidas em nossa vida universitária, sejamos estudantes, professores ou servidores. Nos últimos oito anos, temos uma situação muito diferente nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) daquela enfrentada durante o Governo Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Quem desejar saber o que as Universidades públicas brasileiras viveram naquele período deve conversar com qualquer um da comunidade acadêmica que o tenha testemunhado. Deles ouvirá depoimentos sobre uma época em que a estrutura das IFES era sucateada, o acesso aos estudantes era restrito e os professores e funcionários eram mal pagos e sem perspectiva de carreira. Momento histórico em que predominava a precarização do vínculo empregatício, no qual o quadro elevado de professores substitutos e técnicos administrativos terceirizados demonstrava a clara desvalorização da instituição universitária pública. 13 out (21 horas atrás) Fyllype (Jimmy)
Este passado recente talvez nem consiga ser imaginado pelas gerações que agora ingressam nas fileiras das IFES. Isto porque, durante Governo Lula, as políticas de valorização do ensino superior modificaram radicalmente sua feição. Atualmente, os esforços do governo no setor se traduzem na abertura de 14 novas universidades federais e 117 novos campi universitários. Com ações como o Programa de Expansão e Reestruturação das Universidades Brasileiras (REUNI), o Governo Lula promoveu a admissão de mais de 6.300 técnicos administrativos e 9.400 docentes por meio de concurso público
No Governo Lula, os salários dos professores das instituições federais de ensino superior foram reajustados e tiveram aumento real acima da inflação. Foi criada uma nova carreira (a de Professor Associado), o que dá perspectiva para docentes com mais tempo de serviço continuarem a contribuir com a vida acadêmica, através do ensino, extensão e pesquisa de qualidade.
No caso dos técnicos administrativos, reivindicações históricas se concretizaram como a implantação do novo Plano de Cargos e Salários. Claro que queremos avançar muito mais em nossas conquistas e melhorias na carreira e nos salários, e isto está na mesa de negociação para 2011. Neste sentido, é muito importante também destacar a postura política de diálogo e negociação do atual Ministério da Educação, para compararmos como é diferente daquele ministério do PSDB conduzido com a intransigência e arrogância do então ministro Paulo Renato.
A democratização do acesso ao ensino universitário também foi outro avanço do atual governo. Somente nas IFES a matrícula quase dobrou, passando de 113,9 mil em 2003 para 222,4 mil em 2010. Neste quesito, outra ação importante se notabilizou: o Programa Universidade para Todos (PROUNI), que concede bolsas de estudos em instituições privadas para alunos com baixa renda per capita familiar. O PROUNI conta com 704.637 mil bolsistas, sendo 70% deles com bolsas integrais. 13 out (21 horas atrás) Fyllype (Jimmy)
Os investimentos em Ciência e Tecnologia também aumentaram de 952,9 milhões em 1995, no governo FHC, para 6,6 bilhões em 2010. Em todo o país, a quantidade de bolsas para pós-graduação e para pesquisa aumentou significativamente!
Para nós, é motivo de alegria que a UFRN tenha se tornado um exemplo vivo do novo momento vivido pela Universidade brasileira. É só olhar os números:
- O acesso foi ampliado. Hoje temos 33.916 estudantes matriculados. Número muito mais expressivo do que os 24.345 que tínhamos em 2003.
- Novos cursos foram criados. Durante o Governo Lula, e principalmente a partir do REUNI, a UFRN criou 30 novos cursos de graduação, 13 de mestrado e 16 de doutorado.
- Para dar conta desta nova demanda, vários profissionais foram contratados. Entre eles, aproximadamente 800 professores.
- Há mais pesquisa (1.252 projetos, em 2010, contra 827 em 2003) e extensão (1.006 ações, em 2010, contra 744, em 2003).
- A estrutura física da Universidade cresceu significativamente. Durante o Governo Lula foram acrescentados mais de 100.000 m² de área construída à instituição. Entre 2007 e 2011 (em valores previstos) serão investidos mais de R$ 200 milhões em novas obras, tais como a construção do prédio do Bacharelado em C&T, a ampliação de Centros, do Restaurante Universitário e da Biblioteca Central Zila Mamede.
- Todo este crescimento em termos quantitativos foi também acompanhado por um acréscimo nos aspectos qualitativos. Além de boas avaliações no ENADE (cursos de graduação) e CAPES (pós-graduação), a UFRN obteve o segundo lugar no Índice Geral de Cursos (IGC) entre as instituições da região Nordeste. 13 out (21 horas atrás) Fyllype (Jimmy)
Temos certeza de que Dilma Rousseff dará continuidade à política educacional do Governo Lula, pois ela ajudou a construí-la. Sabemos que com Dilma as Universidades Federais serão fortalecidas, com propostas para avançar no acesso e na qualidade do ensino, pesquisa e extensão. Sua competência administrativa e sensibilidade, já demonstradas na coordenação do Governo, asseguram esse compromisso. Neste segundo turno, não podemos retroceder. Contra os expedientes perniciosos dos quais atualmente se utiliza a candidatura de oposição, temos todos os avanços realizados pela liderança de Lula e Dilma para mostrar, debater e defender.

Por isso, vamos eleger a primeira mulher Presidente do Brasil!

A UFRN VOTA DILMA PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO.

Nota: Cada um trabalha com as armas que tem!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Boataria sobre opção sexual de Dilma ganha Internet!


O tom agressivo empregado por Dilma Rousseff no debate presidencial da noite passada tem origem num boato.
O comitê de campanha da pupila de Lula foi informado acerca de um falso processo judicial que circula na internet.
Na peça, um suposto advogado aciona Dilma em nome de uma hipotética ex-doméstica da candidata.
A empregada fictícia sustenta no processo de fancaria ter mantido com Dilma um relacionamento amoroso de 15 anos. Cobra indenização.
Há três dias, o deputado eleito Gabriel Chalita (PSB-SP) tratou do tema em conversa com um petista ligado ao comando da campanha de Dilma.
Chalita contou que um religioso o havia procurado para dizer que recebera cópia de processo em que Dilma era acusada de lesbianismo.
O interlocutor pediu a Chalita que aconselhasse o bispo a checar o número de registro na OAB do advogado que assina o processo. “Não existe. É falso”, disse.
Em diálogos privados que antecederam o debate nos estúdios da TV Bandeirantes, Dilma e seus operadores atribuíram a aleivosia à campanha de José Serra.
Entre quatro paredes, a candidata petista se disse “indignada”. Para ela, o boato do processo tornou incontornável a inclusão da "baixaria" no rol de temas do debate.
Vem daí a decisão de Dilma de inquirir Serra, já na primeira pergunta, acerca da boataria que viceja no “submundo” virtual.
Como as suspeitas contra Serra não estão escoradas em provas, Dilma evitou mencionar o falso processo.

Nota: Esperamos de uma campanha Presidencial, discussão de propostas para o país.Esse tipo de atitude mais parece uma tentativa de desviar o foco do fato de não se ter Proposta alguma para o Brasil!
Fonte: blog do josias.
Pintura: GustaveCourbet

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Ainda sobre Aborto....

Pablo Capistrano, escritor, professor de filosofia do IFRN:

"Me causa calafrios o modo como a questão do aborto foi introduzida no debate eleitoral deste ano. Falar sobre aborto no Brasil é uma daquelas missões que levam nossa paciência a um estado limítrofe. Existe uma quantidade insuperável de banalidades retóricas e de chavões conceituais que tornam a discussão sobre a interrupção proposital da gravidez um campo fértil para todo tipo de manipulação e de delírio coletivo.
Dizer que é "a favor da vida" ou "contra o aborto" se tornou uma espécie de senha retórica para um extenso vazio conceitual que precipita a discussão política em um pântano ético e metafísico do qual filósofos, teólogos sérios e cientistas pelejam para fugir.
É desconcertante, para quem ainda tem esperança de que um dia o Brasil venha a ser uma democracia plena, observar um candidato a presidente como José Serra, vir a público repetindo os jargões de ser "a favor da vida", ou "contra o aborto" tendo regularizado aprática do aborto legal no SUS quando era Ministro da Saúde em 1998. 11 out (13 horas atrás) Gustavo
Apenas psicopatas assassinos não são "a favor da vida" e só aqueles que não entendem o sentido profundo das próprias palavras podem ser "a favor do aborto" (como se o aborto fosse um dever para qualquer mulher grávida). Uma discussão séria sobre o assunto começa pela definição dos termos usados no debate. Diferenciar "descriminalização" de "legalização" ou de "regulamentação" são etapas importantes para que pessoas de boa fé possam pensar sobre o tema. Há uma área da filosofia prática (a bioética) que se dedica a construir parâmetros para uma discussão racional sobre esse assunto e eu sinto náuseas quando vejo todo o esforço de meus colegas filósofos ser posto na latrina das demandas eleitorais nesse lamaçal de boatos sujos que se transformou a eleição de 2010.
O modo como a direita fundamentalista usou o assunto, para distorcer a opinião pública e forçar uma migração de votos de Dilma para Marina (ou Serra) e construir a possibilidade de um segundo turno dessa eleição, passa muito longe de qualquer preocupação com o grave problema de saúde pública que afeta a vida de milhares de pessoas, principalmente mulheres, no mundo inteiro.
A demagogia de Serra casou de papel passado com a demora da campanha de Dilma em entender a abrangência da onda de boatos disseminados na selva da internet e o impacto que isso causaria em seu desempenho. 11 out (13 horas atrás) Gustavo
O pior da introdução enviesada da discussão sobre o aborto é que ela oculta o debate mais importante e que deveria estar sendo travada nessa eleição. Qual é o modelo de Brasil que as duas forças políticas que se embatem nesse segundo turno apresentam? Que tipo de sociedade eles pensam em construir? Qual é o sentido fundamental do projeto político que opõe tucanos e petistas?
È essa dicotomia que a campanha de Serra não quer ver posta em evidencia, por razões de estratégia eleitoral. Por isso o falatório sobre o aborto se torna uma ferramenta de demagogia eleitoral e de disfarce ideológico semelhante aquela que transforma eleições presidenciais em um leilão de promessas e apostas retóricas.
Saber o porquê do tema do aborto ganhou as páginas das principais revistas de circulação nacional e porque um candidato a presidente que regulamentou a prática do aborto quando era ministro (dando eficácia a uma lei que estava congelada no limbo das normas sem efeito) explora de modo tão demagógico o assunto é perceber a natureza enviesada dessa eleição e de sua importância para os destinos do país.
Infelizmente, em uma campanha acirrada como essa, a clareza do pensamento e a coerência entre a atitude e o discurso são vistas apenas como detalhes inconvenientes na longa maré de estratégias obtusas que servem como escada para aqueles que parecem ter nascido movidos pela doença louca da busca pelo poder. Que Sócrates, Platão e Aristóteles tenham piedade das almas dos brasileiros.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

"Entre Prender e atender, fico com atender!"


A Campanha vai ser quente mesmo!
Serra parte pra o ataque no Debate da Rede Bandeirantes. Como era esperado, o tema aborto foi o tiro certeiro do Candidato. Dilma não deixou barato:
"Eu concordo com a regulamentação. Entre prender e atender, eu fico com atender”, disse a petista."
Serra afirmou ainda que a petista “não sabe bem se acredita ou se não acredita em Deus. “E depois vira uma devota”.

Toda essa briga, aborto, Deus, casamento gay, tem um punico motivo: o apoio de Marina.

domingo, 10 de outubro de 2010

Serra fala o verbo "nascer" 17 vezes em 10 minutos


Em seu programa no horário eleitoral obrigatório da noite deste domingo (10), o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, abusou do uso do verbo nascer e palavras derivadas.
Foram 17 vezes em 10 minutos. O programa, o terceiro desde a volta à TV no segundo turno, confirma tática de campanha de martelar no tema aborto, ainda que indiretamente.
Fonte: uol notícias

Daqui a pouco o candidato vai transmitir um parto ao vivo no seu Programa de TV!

sábado, 9 de outubro de 2010

Segundo turno Promete acirramento!


Deu no Estado de São Paulo:

Pesquisa Datafolha divulgada na edição de domingo, 10, do jornal 'Folha de S.Paulo' aponta a candidata do PT à Presidência da República com 48% das intenções de votos contra 41% de José Serra (PSDB).
Em número de votos válidos (sem brancos, nulos e indecisos), Dilma tem 54% contra 46% de Serra. 4% dos eleitores afirmaram que irão votar em branco ou nulo e outros 7% estão indecisos.
Na pesquisa anterior, realizada entre os dias 1º e 2 de outubro, o instituto havia feito uma simulação para o segundo turno.
Dilma aparecia com 52% dos votos totais contra 40% de Serra. 5% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 3% estavam indecisos.

Nota: Os Petista inflamados que esperam vida fácil nesse segundo turno devem botar o bloco na Rua se não quiserem ter surpresas dia 31.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Marina você Já é bonita com o que Deus lhe deu!


A disputa pelo apoio de Marina Silva promete se arrastar.
Marina já disse que a condição é a adesão a parte do plano de Governo do PV. Todos se comprometem para tal, resta saber se todos cumprirão.

Nota: Caso pretenda manter a liderança conquistada nessa eleição, a Senadora Marina Silva deve se manter neutra. Caso contrário passará da condição de líder para a condição de liderada. Marina não precisa de abrigo em governo algum. Como disse Caymmi, ela já é bonita com o que Deus lhe deu.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Senado quem perde com derrota de Heloísa!


Em sessão na Câmara Municipal de Maceió, onde é vereadora. Ela disse que não irá orientar seus eleitores --ela teve 417 mil votos (16,6%)-- em relação ao segundo turno da eleição no Estado.
"Tenho convicção de que os votos que recebi são de mulheres e homens livres, que votaram em mim mesmo enfrentando toda a canalha política do Estado de Alagoas e o conluio da direita e da esquerda, federal e estadual. Jamais teria a pretensão de orientá-los", disse.
Falou ainda que desde o início da disputa soube que seria uma campanha difícil e que não houve erros na trajetória.
"Alguém pode caracterizar como erro eu não ter feito acordo com a bandidagem política de Alagoas e de Brasília. Tenho a obrigação moral e ideológica."
Ela completou: "Se alguém queria que eu fosse para a TV choramingar o que fiz no Senado, tire o cavalo da chuva porque ele morre de pneumonia".
Nota: Heloísa Helena participou da construção do Partido dos Trabalhadores. Militou em suas lutas mais árduas. Lula sabe bem disso, estava ao seu lado nas caminhadas. Qual o mal Heloísa fez a Lula? Continuou defendendo o que aprenderam juntos. Como Lula pagou esse mal? Empenhou-se para derrotá-la. E o que é pior, conseguiu. Apoiou os adversávios de Heloísa ,Renan Calheiros (PMDB) e Benedito de Lira (PP), uniu-se a velhas oligarquias em nome de um projeto Político:eleger Dilma.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

"GUERRA SANTA' INVADE POLÍTICA BRASILEIRA


É incrível como no Brasil discutir propostas que acompanhem as próprias mudanças nas relações sociais pode contar pontos negativos aos candidatos, aqui é mais fácil vencer as eleições com escândalos, piadas e agora até com “Guerra Santa”. Segundo o que tem noticiado a imprensa, os evangélicos parecem encampar uma guerra contra a campanha de Dilma. Isso porque acreditam que como a evangélica Marina Silva não conseguiu levar sua candidatura para um segundo turno, agora Serra é apresentado como o candidato perfeito “um varão enviado por Deus” para representar os anseios daqueles que pensam que o Estado, que é laico, deve ser a extensão dos altares sagrados desta ou daquela religião, e como tal lutam para livrar a sociedade de políticos que ameacem discutir temas importantes (a legalização do aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, pesquisas com células tronco). Esqueceram de avisar que desde a proclamação da República, não se admite mais a intromissão da igreja (seja ela qual for) em assunto de Estado. Talvez os evangélicos não saibam que Fernando Gabeira, do PV (Partido da Marina) é a favor da liberação da maconha... Ou será que estão dispostos a encabeçar essa luta também? Talvez se esquecem das palavras proferidas pelo próprio Serra para Marina no ultimo debate “Não use a sua régua para medir os outros. Se eu fosse usar a minha régua, eu diria que você e a Dilma têm muito mais coisas parecidas que qualquer outro candidato aqui. Você ficou no PT até há pouco, você estava no governo do mensalão, não saiu, você ficou lá como ela.”. Preparem-se para ver nos próximos dias os presidenciáveis se estapeando nas portas dos cultos para disputar quem se converte primeiro, porque parece (é o que a grande mídia quer fazer acreditar) que foi apenas e principalmente o público evangélico que concedeu a Marina os votos que a mesma obteve no ultimo pleito. Será mesmo que a preocupação com Meio Ambiente e Crescimento Sustentável (motor maior do crescimento da campanha da Marina) é um assunto que estava sendo discutido nos púlpitos de igrejas? Cadê ajuda do publico alternativo? Vai ver que nessa “Guerra” ,onde propostas é o que menos importa, tudo vala a pena até mesmo fanatismo religioso. Como diria Renato Russo: “É a porra do Brasil...

Zó.

Música Potiguar em foco!


Mais um artista do RN, residindo em Natal, vivenciando nosso movimento musical, fura o bloqueio da Rede Glogo e com talento insere uma música na programação da Quarta TV do mundo.

O compositor Babal está presente na trilha sonora da novela Araguaia e em parceria com Geraldo Azevedo tem uma canção "O amanhã é distante", que é fruto de uma versão para uma música de Bob Dylan.

Quem canta é Zé Ramalho.

De: Zé Dias

Agora todo mundo é Ambientalista!


No Segundo turno Presidencial todos encarnaram o Defensor da Floresta. Todos têm forte identificação com Marina Silva.Todos são fervorosamente contra o aborto.
A razão é simples: todos estão de olho nos quase 20 milhões de votos da "menina da floresta".

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Tiririca e a Premonição


Do twiter do Deputado Federal eleito:

"Em 2002 Enéas foi o mais votado. Morreu! Em 2006 Clodovil foi o mais votado. Morreu! em 2010 o mais votado fui eu, e agora? "